Bem-aventurados

O sempre inspirado psiquiatra alemão Georg Groddeck, no seu O Livro dIsso, conclui que o segundo mandamento do Novo Testamento “…Amarás a teu próximo como a ti mesmo” (Mc 12,31) é a revelação de que o narcisismo, para o cristão, não é pecado, mas uma base de comparação. Então, bem-aventurados nós, os ensimesmados.

7 comentários sobre “Bem-aventurados

  1. Extrato do Miolo 8 de dezembro de 2015 / 11:40

    Se ele utiliza o termo do ponto de vista psicanalítico, também é um baita elogio. Narcisismo é algo vital, não só para os cristãos ensimesmados!

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s